Plano de Negócio
Como Elaborar um Plano de Negócio
SEBRAE
Fale Conosco
Mapa do Site





Plano de Negócio
 
Empreendedor lendo Plano de Negócios
O plano de negócios é um documento por escrito que auxilia na visualização de uma empresa.
 
Ele auxilia no planejamento da empresa a longo prazo e através dele, é feita a análise sobre a situação do mercado atual, do produto oferecido e das atitudes que o empresário deve ter para manter o seu negócio funcionando.
 
Ele é o guia, o mapa para abertura ou organização de uma empresa. Ele também irá direcionar os leitores sobre o seu negócio e também irá ajudá-lo a conseguir empréstimos, por exemplo. Esses leitores podem ser investidores, bancários, clientes em potencial, dentre outros. 
 
O plano de negócios é essencial para fazer o investimento de uma ideia. É a partir dele que, passo a passo, é possível dar rumos ao negócio próprio. Além disso, tudo o que fazemos atualmente precisa de um planejamento. Se desejamos que saia tudo certo, num aniversário, numa viagem, num jantar formal, até em projetos mais simples, é preciso organização.
 
Como disse Henry Ford, um grande empreendedor e criador da teoria do fordismo:
 
"Nada é difícil se for dividido em pequenas partes."
 
Através desse guia, é possível conhecer mais sobre os concorrentes, fornecedores e público-alvo ao fazer uma pesquisa de mercado, os pontos fortes e fracos, o ramo que o negócio está inserido, os produtos, etc. Quem produz um plano de negócios precisa de muita dedicação e criatividade para chegar até o final. Ao terminar um plano de negócio, o empreeendedor estará ciente se valerá a pena ou não trabalhar com esse tipo de negócio.
 
O plano de negócios pode ser feito, tanto para a abertura da empresa ou em uma já consolidada para ampliar o negócio.
 
BENEFÍCIOS DO PLANO DE NEGÓCIO
 
  • Aprimorar as ideias do negócio;
  • Analisar as oportunidades dele;
  • Mostrar os pontos fortes e fracos impedindo os fracassos e desperdícios;
  • Apresentar a empresa aos fornecedores e clientes, facilitando a negociação;
  • Análise da parte financeira;
  • Previsão de situações;
  • Análise das funções do sócio;
  • Definir o planejamento e os custos gastos para o marketing;
  • Orientar o empreendedor no planejamento estratégico;
  • Auxiliar o empresário na tomada de decisões;
  • Aumentar as oportunidades de sucesso do negócio, entre outros benefícios.
 
Lembre-se: sempre reavalie o plano de negócio com frequência para incluir informações adicionais e atuais sobre o empreendimento.